web analytics
CampanhasEm destaqueSemana Internacional da Tireoide

Importância do Teste do Pezinho

By 18 de maio de 2015 julho 10th, 2020 No Comments

“Hipotireoidismo congênito é uma das causas mais comuns de retardo mental passível de prevenção. O retardo mental, nesse caso, pode ser prevenido, com diagnóstico e tratamento adequado.

Esse é o motivo da grande importância na realização do teste do pezinho, que faz parte do programa de triagem neonatal. É através desse teste que se obtém o diagnóstico do hipotireoidismo congênito.

O teste é feito nos primeiros dias de vida e também diagnostica outras doenças, tais como fenilcetonúria.

A causa mais comum para o hipotireoidismo congênito é um defeito na formação e desenvolvimento da tireoide do bebê, ainda dentro do útero. Existem também outras causas menos comuns.

Apesar do bebê não produzir, ou produzir pequenas quantidades de hormônio tireoidano, o hormônio da mãe é capaz de exercer um efeito protetor no desenvolvimento desse bebê,  pois ele é capaz de passar da mãe para o feto.

Para se ter uma noção sobre o que estamos comentando, a tireoide de todo feto só se desenvolve a partir da oitava semana de gestação, portanto é o hormônio da mãe que protege o bebê naturalmente.

A criança que nasce com hipotireoidismo congênito pode apresentar sinais e sintomas, que correrão na dependência de diferentes fatores, tais como o grau do defeito na formação de sua tireóide, níveis dos hormônios tireoidanos materno e dos seus próprios mecanismos de adaptação dentro do útero.

O problema maior ocorre após o nascimento, onde a ausência do hormônio tireoidano pode gerar consequências muito graves a longo prazo.

Por isso o teste do pezinho é tão importante.”

(Consultoria Dra. Patrícia de Fátima, membro da diretoria do Departamento de Tireoide da SBEM, UFRJ)