web analytics
Área CientíficaEm destaque

Hipertireoidismo e Doença Cardíaca

By 4 de maio de 2012 julho 9th, 2020 No Comments

O estudo Subclinical Hyperthyroidism and the Risk of Coronary Heart Disease and Mortality (título em português: Hipertireoidismo Subclínico e o Risco de Doença Cardíaca Coronariana e de Mortalidade) foi publicado na revista norte-americana Archives of Internal Medicine. A publicação tem fator de impacto de 11, o que a posiciona entre os principais periódicos do mundo.

Dr. José Augusto Sgarbi, um dos coordenadores deste estudo no Brasil, é chefe da disciplina de Endocrinologia da Faculdade de Medicina de Marília (SP) e diretor do Departamento de Tireóide da SBEM Nacional.

A publicação foi tema de um editorial publicado na mesma revista pelo Prof. Kenneth Burman, da Georgetown University, Washington – EUA. O estudo é uma metaanálise de dados de 11 estudos populacionais de diferentes países, incluindo Estados Unidos, Austrália, Japão, Europa e Brasil, totalizando 52674 participantes.

A pesquisa foi realizada por um grupo de pesquisadores liderados pelo Prof. Nicolas Rodondi, denominado “Thyroid Studies Collaboration Group”. A participação brasileira foi coordenada pelos professores Dr. José Augusto Sgarbi e Dr. Rui Maciel (UNIFESP – SP). Ela resultou na inclusão de aproximadamente 1000 indivíduos de ascendência japonesa da comunidade Nipo-Brasileira de Bauru (SP).

O estudo populacional brasileiro sobre disfunção tireoidiana, denominado internacionalmente como The Japanese-Brazilian Thyroid Study  recebeu auxílio integral para financiamento da pesquisa pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e já resultou em outras três publicações em revistas de alto impacto, como European Journal of  Endocrinology, Thyroid e JAMA.

O objetivo da pesquisa mundial foi avaliar o impacto do hipertiroidismo subclínico no risco de infarto do miocárdio e de morte. Os resultados demonstraram que essa doença de tireoide se associa com elevado risco de fibrilação atrial, morte por qualquer causa e por causa cardiovascular.