SBEM
Departamento de Tireóide

Departamento de Tireoide
da Sociedade Brasileira
de Endocrinologia e Metabologia

Destaques

EBT: Fim das Inscrições com Desconto

O prazo para inscrições com desconto para a próxima edição do Encontro Brasileiro de Tireoide foi finalizado no dia 7 de abril.

Leia Mais

30 Anos de EBT

A edição de 2014 do EBT completa 30 anos e está de volta à cidade de São Paulo, onde foi realizado o primeiro evento. O Dr. José Agusto Sgarbi, presidente da Comissão Organizadora do evento destaca alguns pontos da programação. Confira.

Leia Mais

Notícias

Questionário: Hipotireoidismo na Gestação

Participe da pesquisa publicada na Área Científica do site da SBEM, com o objetivo de saber sua posição a respeito do diagnóstico e do tratamento de problemas de tireoide durante a gestação.

Leia Mais

Para Público

Sintomas do Hipotireoidismo

Você sabe quais são os sintomas do hipotireoidismo? Eles são bastante inespecíficos e podem ser confundidos facilmente com cansaço e preguiça. Leia a matéria e converse com seu médico sobre o assunto.

Leia Mais

Notícias

Hipotireoidismo e Premiação

Dra. Andressa Bornschein, autora do trabalho "Treating primary hypothyroidism with weekly doses of levothyroxine: a randomized, single-blind, crossover study", é a vencedora do prêmio Waldemar Berardinelli.

Leia Mais

Eventos

<      >

04/05/2011 Perguntas e Respostas: Hipotireoidismo

Hipotireoidismo

Perda de Peso 
Um paciente que tem hipotiteodismo, mesmo tomando o medicamento, bem como os hormônios controlados, pode mesmo assim sofrer perda de peso e/ou dificuldade em ganhar peso? (Anelice)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Geralmente, o hipotireoidismo é associado ao ganho e o hipertireoidismo à perda de peso. Porém, podem ocorrer respostas inesperadas, com relação ao peso, em ambos os casos. Se o quadro estiver controlado, do ponto de vista laboratorial, há bastante tempo, não seriam esperadas grandes alterações ponderais.

Fui diagnosticada com hipotiroidismo a pouco mais de 6 meses. O médico ainda nao acertou a dosagem do remedio. Ganhei peso e o médico me pediu para fazer dieta e exercicios. Faço exercicios 5 vezes por semana, aprox 1hr e meia de exercicios aerobicos por dia. Tenho uma alimentação equilibrada,
como de 3 em 3 horas em poucas quantidades e alimentos saudaveis. Antes eu não fazia exercicios e não me alimentava bem. Gostaria de saber porque mesmo com essas medidas que tomei não consegui perder medidas e nem peso algum. (Maira)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Além da falta de exercícios e de uma dieta equilibrada, outros fatores podem ser responsáveis pela dificuldade de emagrecimento. A faixa etária, a genética e outros distúrbios que não o hipotireoidismo, podem acarretar em dificuldade de perda de peso. Porém, se o hipotireoidismo estiver descompensado, este pode representar um fator a mais a dificultar o emagrecimento.

 Descobri que tenho hipotireoidismo há 4 meses, quando comecei o tratamento com levoid 25mcg. Os sintomas pareciam desaparecer, quando ajustei a dose para 50 mcg, os sintomas voltaram e sinto também muita dor  nos ombros, braços e nas juntas dos braços e nos joelhos. Cheguei a cair por causa da dor, sinto muita dor nas mãos e dedos, dor no quadril, como se estivesse sendo puxado. Não sei o que faço, estou engordando mesmo não comendo direito, estou muito triste com isso, herdei esta doença da minha mãe. (Sandra)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O hipotireoidismo costuma ter seus sintomas resolvidos com a reposição adequada de levotiroxina. O médico assistente deverá ser contatado para avaliar, por meio de exame físico e dosagens hormonais, se as doses de sua medicação estão adequadas. Caso estejam, outras causas para as queixas referidas poderiam ser investigadas.

Sintomas de Hiper 
Eu sou portador de hipotireoidismo e o que me chama atenção é que os sintomas que sinto estão mais relacionados com hipertiroidismo. Sinto calor excessivo, nervosismo, tremores nas mãos, dificuldade de subir escadas. Qual a explicação disto? (Ivo)
 
Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Caso a dose de levotiroxina em uso esteja excessiva, podem ocorrer sintomas de hipertireoidismo. Procure o seu endocrinologista para atualizar os exames. Se o hipotireoidismo estiver adequadamente controlado, converse com ele para ver se há a necessidade de investigar distúrbios mais raros, os quais poderiam ser a causa do quadro clínico atípico citado.

Bócio
Meu marido tem hipotireoidismo, com bócio com nódulos múltiplos. Descobriu há três anos. Na época, um endocrinologista, por constatar através da punção que é benigno, não recomendou a cirurgia e disse que aguardássemos. A profissão de meu marido é locutor: pelo receio de uma cirurgia afetar sua voz ele ficou todo esse tempo esperando que "diminuísse". Bem, sua tireoide mede hoje 125 cm e estamos procurando encaminhá-lo pelo SUS à cirurgia. Todo o processo, entre exames e outros, é muito lento. Mesmo sendo benigno e, estando em situação tão avançada, quais são as chances de ele ter sua voz comprometida após a cirurgia? Agradecemos muito se puderem nos responder. (Janifer)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto:
O bócio de seu esposo está bastante volumoso e pode vir a causar problemas por si só. Por outro lado, toda cirurgia tem seu risco, tanto anestésico, como cirúrgico como devido a características do próprio paciente.  A cirurgia de tireoide apresenta o risco adicional de hipoparatireoidismo e lesão do nervo laríngeo recorrente, com conseqüente alteração vocal, que é o seu receio. É importante ressaltar que o risco deste último tipo de complicação poderá depender do quanto a massa tireoidiana estiver "envolvendo" ou comprimindo os nervos. Dependerá ainda da experiência do serviço cirúrgico com este tipo de cirurgia. Assim, creio ser prudente, antes da programação cirúrgica, uma discussão franca com o cirurgião de cabeça e pescoço sobre a taxa de risco deste paciente em particular, considerando-se a avaliação dos exames pré-operatórios.

Olá, recebi uma dose de iodo radioativo, gostaria de saber se o bócio regride totalmente, já na 1ªaplicação e se aumenta muito a incidência de gravidez, pois não quero engravidar tão rapidamente. Obrigada! (Solimar)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Quando o hipertireoidismo é causado pela doença de Graves, a regressão do bócio pode ser bastante evidente já alguns meses depois do tratamento com iodo radioativo. Quando causado por nódulos hiperfuncionantes, a regressão pode ser mais discreta. Como não foi informada a causa do provável hipertireoidismo, não podemos tecer maiores considerações à respeito. Contudo, quanto à gestação, sugiro conversar o mais rápido possível com seu médico assistente sobre um método contraceptivo pois, após o iodo radioativo, é necessária a espera de um tempo de segurança para poder engravidar com menos riscos. Além disso, se você se encontrar em idade fértil, a gestação é sempre uma possibilidade.

Numa gestaçao, qual seria o valor serico normal de tsh? (Luiz Eduardo)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O internauta não forneceu os valores de referência do laboratório mas grande parte dos laboratórios utilizam kits de dosagem cuja faixa de normalidade, para mulheres não grávidas, é de 0,4 a 4,0 mIU/L. Não há uma faixa de normalidade, mundialmente aceita, para gestantes. O que existem são recomendações para gestantes que já apresentam disfunções tireoidianas, hiper ou hipotireoidismo, ou alterações autoimunes, diagnosticadas antes ou durante a gravidez, para manutenção das concentrações de TSH dentro de uma determinada faixa.

Criança
Boa noite. Preciso de um local para fazer o acompanhamento de uma criança, que está com 20 dias, e com suspeita de hipotireoidismo congênito. Sou de São Paulo e preciso de orientação. (Clara)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O hipotireoidismo congênito necessita de diagnóstico e tratamento rápidos e extremamente adequados. Provavelmente, a criança em questão já está recebendo o tratamento inicial. Você deve conversar com o pediatra assistente da criança sobre a indicação de endócrino-pediatras, com experiência no assunto, que possam acompanhá-la em consultório. Caso seja usuária do sistema público de saúde, converse com o médico da Unidade Básica de Saúde, com relação ao encaminhamento para o Serviço Público que conte com este profissional, mais próximo de sua residência. Grandes entidades assistenciais como o Hospital das Clínicas de São Paulo, o Hospital São Paulo e a Santa Casa de São Paulo, normalmente, contam com a presença destes profissionais em seu quadro de médicos.

Minha filha tem 7 anos, e agora apresentou uma alteracao leve que indicou Hipotiroidismo apesar de nao apresentar nenhum sintoma, esta disfuncao da tireoide pode ter sido ocasionada pelo consumo diario de suco de soja. Ela toma quase uma caixa de suco a cada dois dias, desde muito pequena. Resultado 1 exame 6,46, 2 exame 5,60 e 3 exame 7,04, efetuados num intervalo de dois meses desde setembro/2010. (Cintia)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Embora alguns estudos científicos sugiram que a soja e seus derivados possam alterar os hormônios tireóideos, outras pesquisas não encontraram esta relação. Ou seja, ainda não existe um consenso à respeito. De qualquer forma, embora os valores de referência do TSH não tenham sido enviados, se, como parece, os resultados fornecidos estiverem acima dos limites de normalidade do laboratório, com três dosagens em um período de 6 meses, configura-se um quadro de hipotireoidismo. Os resultados de T4-livre não foram fornecidos. Porém, como o TSH está pouco alterado, eles podem estar normais. Se assim for, trata-se de hipotireoidismo subclínico, o qual, por tratar-se de criança, deve ser avaliado por médico com experiência na área. Seria interessante conversar com o médico assistente sobre a necessidade de realização de exames de anticorpos antitireóide e ultrassonografia com avaliação do volume tireóideo, para a programação da melhor conduta a ser tomada.

NovoMedicação
Bom dia, tenho hipotireoidismo diagnosticado à 2 anos, e desde que comecei a tomar o meu remédio, sinto palpitações. Gostaria de saber se isso é normal. Obrigada. (Ana)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O tratamento do hipotireoidismo é realizado com levotiroxina, a qual, em doses adequadas, não costuma causar palpitações. Converse com seu médico sobre se existe a necessidade de realizar exames de sangue para averiguar se as concentrações hormonais não estão excessivas. Se estiverem adequadas, talvez um cardiologista devesse ser consultado.  Atenciosamente, Gláucia.

Gostaria de saber se o anticoncepcional pode afetar de alguma forma na absorção do remedio que tomo para o hipotireoidismo. (Elizabete)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O remédio, normalmente utilizado para tratar o hipotireoidismo, é a levotiroxina. Ela deve ser ingerida em jejum, pelo menos 30 minutos antes do café-da-manhã, com água. Ela não deve ser ingerida juntamente com qualquer outra medicação, justamente devido à possibilidade de alteração de absorção. 

NovoAumento de Peso
É possível ter Hipotireoidismo e não ter ganho de peso? (Jeferson)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Embora o ganho de peso seja uma das manifestações clínicas do hipotireoidismo, existem muitos pacientes, portadores da disfunção tireóidea, que não apresentam esta queixa. 

O que fazer? Meu exame apresentou TSH 18.460 eo T4 0.66 tenho 31 anos estou acima do peso 18kls e tenho todos sintomas do hipotiroidismo. (Adriana)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Procure um  endocrinologista para completar sua avaliação tireoidiana e iniciar o tratamento específico para hipotireoidismo.

Trabalho
Gostaria de saber se há algum trabalho (nacional ou internacional) que relacione o hipotireoidismo com algumas tendinopatias (tendinite de quervain, do supraespinhal, etc.). Desde já agradeço. (Eugênio)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Não temos um artigo em particular a recomendar. Mas uma pesquisa com ambos os termos pode ser realizada nos seguintes sites de pesquisa:
http://bases.bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&base=LILACS&lang=p ,
http://www.scielo.org/php/index.php?lang=en http://www.periodicos.capes.gov.br/

Metabolismo

Tenho hipotiroidismo diagnosticado ha um ano, e faz 6 meses que comecei a fazer academia 5 vezez por semana. Para perder peso fui instruida na academia a tomar termogenicos, que contem cafeina, mas numa avaliacao mais recente com uma nutricionista, ela me disse que eu nao posso tomar nada que contenha cafeina, pois alteraria o metabolismo da tireoide. Se a cafeina aumenta o metabolismo, nao deveria entao ajudar o hipotiroidismo? Gostaria de saber como exatamente age a cafeina na tireoide. (Renata)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O tratamento de escolha para o hipotireoidismo é a levotiroxina. Há referências sobre o papel interferente do café na absorção desta medicação. Assim, reforçamos que a levotiroxina deva ser ingerida em jejum, pela manhã, com água, de meia a uma hora antes do café-da-manhã. Estudos sobre a cafeína em si e o hipotireoidismo são raros. Não recomendamos o uso de qualquer medicamento ou suplemento, com o objetivo de perda de peso, sem explícitos acompanhamento e indicação médicos. 

imprimaImprima     envieEnvie por Email       Compartilhe: Delicious Delicious  google Google

Tópicos Relacionados

Para Público perguntas respostas tireoide hipotireoidismo

Topo Volta  © 2010 Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - SBEM