Para Público

Perguntas e Respostas: Hipertireoidismo

Hipertireoidismo

Novo Diagnóstico
Oi, diagnosticaram na minha mãe hipertireoidismo. Porém, com os remédios que receitaram, o estado dela não está estabilizado e sim só piorando. Ela já não transmite nenhum tipo de sentimento no olhar, reconhece a todos, porém, é como se não estivesse vendo ninguém, e como filha isso está me deixando bem preocupada. Gostaria de indicação de um especialista em Fortaleza ou no estado de São Paulo. Desde já estou grata!

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O primeiro passo é confirmar o diagnóstico em questão, já que, em casos de hipertireoidismo, não é frequente o tipo de manifestação clínica relatada. Os nomes e endereços de profissionais médicos podem ser pesquisados no site da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (http://www.endocrino.org.br/associados/busca-medicos/). Porém, mesmo que haja hipertireoidismo, pelo exposto acima, talvez o ideal seja ouvir também a opinião de outros especialistas médicos, tais como um neurologista. Atenciosamente, Gláucia.

NovoCriança
Minha filha tem 5 anos. O exame dela de TSH tinha como valor de referência de 0,34 a 5,60. O resultado dela deu 7,07. O exame de T4 livre deu 0,89. O que está havendo? (Patrícia)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: O TSH está um pouco elevado. O endocrinologista deverá ser consultado para as condutas necessárias.

Remissão
Há possibilidades do hipertireoidismo se converter em hipotireoidismo? (Marcos)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Quando o hipertireoidismo é causado por uma doença, conhecida como Doença de Graves, pode entrar em remissão e até evoluir espontaneamente para hipotireoidismo. É importante manter acompanhamento com endocrinologista, para uma avaliação adequada do status funcional tireoideo.

Sal sem Iodo
Olá. Estou com uma amiga com hipertireoidismo que vai se submeter a uma radioterapia e necessita consumir sal sem iodo. Gostaria de saber se vocês poderiam indicar locais para a compra do sal sem iodo em São Paulo. Obrigada. (Tânia)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Algumas lojas de produtos naturais podem comercializar o produto. Se este não for encontrado, poderia ser obtido em farmácias de manipulação.

Exoftalmia
Descobri há poucos dias que sou portadora de hipertireoidismo e somente descobri isso devido um edema nas pálpebras superiores,  o que levou a uma leve exoftalmia. Gostaria de saber se os meus olhos podem voltar ao normal apenas com o uso da medicação. Se sim, quanto tempo isso leva para acontecer? Caso contrário, como é feita a cirurgia? Aguardo resposta o mais breve possível. (Juliana)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: A evolução da exoftalmia pode ser bastante variável. O controle do hipertireoidismo, com o uso de medicação, pode melhorá-la. Porém, algumas vezes, são necessários outros tratamentos específicos para o problema ocular. A cirurgia é apenas um deles, existindo técnicas cirúrgicas específicas para cada grau de envolvimento ocular. Também existem remédios que podem ser utilizados para este fim. Converse com seu endocrinologista sobre a necessidade ou não de tratamento direcionado para a oftalmopatia, bem como sobre as melhores opções terapêuticas para seu caso. Atenção: o tabagismo piora a evolução da doença ocular.

Pomo de Adão
Primeiro, quero parabenizá-los pelo ótimo conteúdo de site, o achei muito esclarecedor. Tenho uma dúvida sobre a situação pós operatória da tireoide. Ainda vou fazer o exame para verificar a alteração, mas é quase certeza o resultado de hipertireoidismo. A parte do pomo de adão do meu pescoço é muito grande, sendo que tenho apenas dois dedos entre o pomo e o fim do queixo. Quero saber, se der positivo e tiver que operar, o esse volume vai dimunir? (Wagner)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto:
O hipertireoidismo pode ser devido a muitas causas. A necessidade, ou não, de cirurgia vai depender da causa do quadro e do volume do bócio, entre outros aspectos. Muitas vezes, o tratamento pode ser realizado com medicamentos ou radioiodo. Existem outras indicações para a realização da cirurgia da tireoide, entre as quais a presença de nódulo suspeito. O endocrinologista deverá ser contactado para, de acordo com o quadro clínico e os resultados dos exames, proceder à indicação da forma de terapia mais adequada para o caso.

Subclínico 
Tenho 29 anos e estou muito preocupada, pois fiz uns exames do TSH, e deu 7.65. Ou seja, acho que estou com hipertireoidismo. Estou morrendo de medo. (Noelma)

Resposta da Dra. Glaucia Mazeto: Se apenas o TSH deu alterado, e com este nível de alteração, parece tratar-se de um quadro de hipotireoidismo subclínico. Este quadro é leve e não é motivo para desespero. Procure o endocrinologista para maiores esclarecimentos.

imprimaImprima     envieEnvie por Email       Compartilhe: Delicious Delicious  google Google

Tópicos Relacionados

Para Público perguntas respostas tireoide hipertireoidismo

Notícias

Nova Reitora da UFRJ Toma Posse em Brasília

A Dra. Denise Pires de Carvalho, ex-presidente do Departamento de Tireoide da SBEM e da Sociedade Latino Americana de Tireoide, assumiu oficialmente, nesta terça-feira, 2 de julho, a reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A médica é a primeira mulher a ocupar o cargo de reitora na instituição.

Leia Mais

Eventos científicos

Brasileira Assume Presidência do LATS

Com a presença significativa de brasileiros na programação científica, aconteceu de 20 a 23 de junho, em Buenos Aires (Argentina), a 16ª edição do Latin American Thyroid Congress (LATS 2019). Esta edição foi ainda mais especial para o Departamento de Tireoide da SBEM. A Dra. Ana Luiza Maia, ex-membro da diretoria, assumiu oficialmente a presidência da Sociedade Latino Americana de Tireoide (2019-2021).

Leia Mais

EBT

Relatório Semana Internacional da Tireoide 2019

A Semana Internacional da Tireoide terminou e é hora de avaliar como foi a repercussão da campanha no site e redes sociais. Os resultados estão no relatório elaborado pelo Departamento de Tireoide da SBEM. Confira os dados.

Leia Mais