Distúrbios

Hipertireoidismo: Sintomas

O hipertireoidismo ocorre quando há uma produção excessiva dos hormônios da tireoide (T3 e T4). Em sua forma mais suave, não apresenta sintomas facilmente diagnosticáveis ou apenas distúrbios como fraqueza ou sensação de desconforto. Entretanto, em seu aspecto mais grave, a doença pode até matar. Há risco da disfunção afetar a gravidez ou a fertilidade feminina, entre outros males.

Ocorre um aumento no volume da tireoide durante o hipertireoidismo, o que também pode ser associado a outros sintomas, como:

  • Aceleração dos batimentos cardíacos acima de 100 por minuto (chamada taquicardia)
  • Irregularidade no ritmo cardíaco, principalmente em pacientes com mais de 60 anos
  • Nervosismo, ansiedade e irritação
  • Mãos trêmulas e sudoreicas
  • Intolerância a temperaturas quentes e probabilidade de aumento da sudorese
  • Queda de cabelo e/ou fraqueza do couro cabeludo
  • Rápido crescimento das unhas, com tendência à descamação das mesmas
  • Fraqueza nos músculos, especialmente nos braços e coxas
  • Intestino solto
  • Perda de peso importante
  • Alterações no período menstrual
  • Aumento da probabilidade de aborto
  • Olhar fixo
  • Protusão dos olhos, com ou sem visão dupla (em pacientes com a Doença de Graves)
  • Acelerada perda de cálcio dos ossos com aumento do risco de osteoporose e fraturas.

Entre as causas para o hipertireoidismo estão a Doença de Graves, o bócio, a existência de um nódulo tóxico (que produz mais hormônio tireoideano que o necessário), tireoidite subaguda, silenciosa ou pós-parto, ingestão excessiva de iodo (presente em comprimidos de alga, expectorantes ou em amiodarona, usada em remédios para arritmia cardíaca) e a superdosagem de hormônio tireoideano.  

imprimaImprima     envieEnvie por Email       Compartilhe: Delicious Delicious  google Google

Tópicos Relacionados

Distúrbios hipertireoidismo tireóide

Opiniões dos Leitores

EBT 2018

EBT 2018: Desreguladores Endócrinos e a Tireoide

A Dra. Maria Izabel Chiamolera coordenou a mesa, durante o EBT 2018, que debateu a ligação entre os problemas da tireoide e os desreguladores endócrinos. Ela fala sobre a questão, as ações que a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia está realizando e o que a população pode fazer.

Leia Mais

Notícias

Agradecimentos e Confraternização no Encerramento do EBT

Enquanto o dia em Campos do Jordão convidava para um passeio, os participantes do XVIII Encontro Brasileiro de Tireoide continuavam nas salas, acompanhando os momentos finais do evento. Discursos rápidos e agradecimentos do presidente da Comissão Organizadora, Dr. Danilo Villagelin; do presidente da Comissão Científica, Dr. José Augusto Sgarbi; e da presidente do Departamento de Tireoide, Dra. Celia Nogueira. Depois disso, foram abraços fortes e a sensação de missão cumprida.

Leia Mais

Notícias

O Impacto dos Debates no EBT para o Público

Em um bate papo com o Dr. Danilo Villalegin e Dra. Laura Ward, da comissão organizadora local do EBT 2018, eles falam sobre como os debates podem impactar o tratamento dos pacientes. Além disso, eles aproveitam para esclarecer ao público, o que é a tireoide e as dúvidas sobre a glândula. 

Leia Mais