Distúrbios

Câncer de Tireoide

O câncer de tireoide e um tipo raro de câncer, que ocorre em aproximadamente 1% da população. Embora seja três vezes mais frequente em mulheres, a doença afeta também homens. A faixa etária de maior risco é entre 25 e 65 anos.

Aproximadamente 10% da população adulta têm nódulos tireoideanos, mas cerca de 90-95% são benignos. A incidência do câncer de tireoide aumentou na última década, mas a mortalidade diminuiu. De acordo com o tipo histológico, 75 a 90% dos casos são diagnosticados como câncer de tireoide papilar; 5 a 10% como carcinomas foliculares,  3 a 5% como carcinomas medulares e 1% são anaplásicos.

O autoexame da tireoide pode ser útil na identificação de nódulos, mas é importante procurar um endocrinologista para o diagnóstico e tratamento adequados. O diagnóstico precoce do câncer de tireoide aumenta as chances de sucesso do tratamento. 

Tipos de Câncer de Tireoide

  • Carcinoma papilifero - é o mais comum. Pode aparecer em pacientes de qualquer idade, mas é mais frequente entre 30 e 50 anos. Estima-se que uma a cada mil pessoas tem ou já teve este tipo de câncer. A taxa de cura é alta, chegando a quase 100%.

  • Carcinoma folicular - Costuma ocorrer em indivíduos com mais de 40 anos. É mais agressivo do que o papilífero. Em dois terços dos casos, não têm tendência à disseminação. Um tipo de carcinoma folicular mais agressivo é o hurthle, que atinge pessoas com mais de 60 anos.

  • Carcinoma medular - Afeta as células parafoliculares, responsáveis pela produção da calcitonia, hormônio que contribui na regulação do nível sanguíneo de cálcio. É de difícil tratamento e, usualmente, se apresenta de moderado a muito agressivo.

  • Carcinoma anaplásico ou inmedular - Extremamente raro. Contudo, é do tipo mais agressivo e tem o tratamento mais difícil. É responsável por dois terços dos óbitos de câncer da tireoide.
imprimaImprima     envieEnvie por Email       Compartilhe: Delicious Delicious  google Google

Tópicos Relacionados

Distúrbios tireóide câncer de tireóide tumores nódulos

Opiniões dos Leitores

EBT 2018

EBT 2018: Desreguladores Endócrinos e a Tireoide

A Dra. Maria Izabel Chiamolera coordenou a mesa, durante o EBT 2018, que debateu a ligação entre os problemas da tireoide e os desreguladores endócrinos. Ela fala sobre a questão, as ações que a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia está realizando e o que a população pode fazer.

Leia Mais

Notícias

Agradecimentos e Confraternização no Encerramento do EBT

Enquanto o dia em Campos do Jordão convidava para um passeio, os participantes do XVIII Encontro Brasileiro de Tireoide continuavam nas salas, acompanhando os momentos finais do evento. Discursos rápidos e agradecimentos do presidente da Comissão Organizadora, Dr. Danilo Villagelin; do presidente da Comissão Científica, Dr. José Augusto Sgarbi; e da presidente do Departamento de Tireoide, Dra. Celia Nogueira. Depois disso, foram abraços fortes e a sensação de missão cumprida.

Leia Mais

Notícias

O Impacto dos Debates no EBT para o Público

Em um bate papo com o Dr. Danilo Villalegin e Dra. Laura Ward, da comissão organizadora local do EBT 2018, eles falam sobre como os debates podem impactar o tratamento dos pacientes. Além disso, eles aproveitam para esclarecer ao público, o que é a tireoide e as dúvidas sobre a glândula. 

Leia Mais