SBEM
Departamento de Tireóide

Departamento de Tireoide
da Sociedade Brasileira
de Endocrinologia e Metabologia

Destaques

10 Coisas Sobre Tireoide

Com forma bem parecida com a de uma borboleta, a glândula tireoide é localizada na parte anterior do pescoço. Quando ela não funciona de maneira correta, pode liberar hormônios em quantidade insuficiente, causando o hipotireoidismo,  ou em excesso, ocasionando o hipertireoidismo. Confira as 10 coisas que você precisa saber sobre tireoide.

Leia Mais

Os Atletas e as DisfunçõesTireoidianas

Em ano de Copa do Mundo os olhares de diversas pessoas no planeta estão voltados para diversos jogadores em nosso país. Contudo, bate a dúvida: será que atetlas com disfunções tireoidianas podem participar de competições? O Dr. Mario Vaisman fala sobre o assunto e revela alguns mitos. Confira o vídeo. 

Leia Mais

Notícias

Dia 25 de Maio é o Dia Internacional da Tireoide

Presidente do Departamento de Tireoide, Dra. Carmem Cabanelas, envia mensagem pelo Dia Internacional da Tireoide. O Departamento realizou diversas ações este ano, incluindo as redes sociais, como Facebook e Youtube.

Leia Mais

Para Público

Disciplina Controla Hipotireoidismo

Melq Ferreira é preparador físico de atletas de surf e personal trainer, na cidade de Fortaleza (CE). Ele tem 41 anos e descobriu um bócio nodular na tireoide, aos 20. Na época, submeteu-se à cirurgia para retirada do bócio e, desde então, segue o tratamento para o hipotireoidismo.

Leia Mais

Para Público

Vencendo o Câncer na Tireoide

Com apenas 12 anos, a nadadora do juvenil do Flamengo, Giovanna Pannain, foi vitíma de um Câncer na Tireoide. Através de uma cirurgia, tratamentos e força de vonta a jovem superou a fase e é exemplo de esforço e persitência. Confira a matéria. 

Leia Mais

Eventos

<      >

Distúrbios

15/05/2008 Doença de Graves

Doença de Graves é uma doença autoimune, que gera uma anomalia no funcionamento da glândula tireoide. Também é a única forma de hipertireoidismo que apresenta como sintoma irritação nos olhos e pálpebras, além das manifestações mais comuns.

A causa é incerta, mas acredita-se que os anticorpos estimulam uma produção de hormônios tireoidianos. Pode ser diagnosticado pelo aumento de volume da tireóide e pelo excesso de hormônios produzidos pela glândula no sangue.

imprimaImprima     envieEnvie por Email       Compartilhe: Delicious Delicious  google Google

Tópicos Relacionados

Distúrbios tireóide doença de graves

Opiniões dos Leitores

Topo Volta  © 2010 Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - SBEM