24/01/2019 Balanço da Gestão 2017/2018

Em dezembro de 2018 se encerrou mais uma gestão do Departamento de Tireoide, tendo a Dra. Célia Nogueira como presidente. Foram seis anos participando das diretorias anteriores para dar continuidade do trabalho e fortalecer as ações.

A ex-presidente faz um balanço dos últimos dois anos, nesta entrevista ao site do Departamento, onde comentou sobre o estilo de trabalho, planejamentos, os EBTs, entre outros assuntos. Confira:

  • Site do Departamento: Como foi esse processo de continuidade na sua gestão? 

Dra. Célia: Fazer parte da Departamento nos últimos seis anos facilitou minha gestão. Assimilei o modo de trabalho dos que me antecederam, e o processo de interlocução que existe entre os membros do departamento, faz com que as resoluções ocorram em conjunto. Pensadas, discutidas e assumidas por unanimidade.

  • Site do Departamento: A nova diretoria já vem fazendo parte da atual diretoria. Como essa linha de pensamento ajuda no planejamento?

Dra. Célia: Com certeza faz toda a diferença, na medida que a memória é conservada e que as ações não sofrem uma interrupção. Muitas ações que tiveram início na minha gestão e estão em andamento, como por exemplo um projeto para estudar e estabelecer o nível de iodúria em gestantes no Brasil, terá continuidade na gestão que assume 2019-2020.

  • Site do Departamento: Como você avalia a presença do Departamento tanto na área científica quanto no relacionamento com o público?

Dra. Célia: Uma característica do Departamento é orientação ao público leigo, com informes nos canais e a campanha pública pela Semana Internacional da Tireoide, que assumiu uma dimensão nacional. São as informações seguras chegando ao público leigo e é emocionante ver a adesão das regionais e das Universidades na Campanha Internacional da Tireoide, é o Brasil com a mesma linguagem e a integração do jovem Endocrinologista e do Jovem Pesquisador com o público leigo. As ações por meio da mídia nos dá a certeza de estar cumprindo o papel social que é uma das metas da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

  • Site do Departamento: Como é feito o trabalho entre a diretoria do Departamento e as Comissões  dos eventos?

Dra. Célia: O EBT é um trabalho conjunto do Departamento, comissão organizadora e científica. A comunicação começa quando termina um EBT, portanto o trabalho de dois anos em conjunto com a missão de levar a atualização clínica e o que há de mais relevante na pesquisa científica para os Endocrinologistas do Brasil. Uma característica do EBT é valorizar o jovem Endocrinologista e jovem Pesquisador, com a participação nos simpósios e com um "Grant" para desenvolvimento de projetos de pesquisa.

  • Site do Departamento: Das metas que você traçou para sua gestão, alguma que não tenha conseguido alcançar parcialmente?

Dra. Célia: Sim. Estava na programação a atualização de algumas diretrizes, mas o tempo foi escasso para atingir essa meta, mas a semente foi lançada e, com certeza, a nova gestão dará continuidade a essa ação.

  • Site do Departamento: A troca de e-mails e as decisões sempre em conjunto auxiliaram muito no crescimento da comunicação do Departamento. Como é feita essa dinâmica?

Dra. Célia: Com certeza o trabalho é executado em cima de metas e discussões que se iniciam por meio de e-mails e culminam na realização de reuniões por skype e presenciais. O debate e a decisão em conjunto traz a transparência das ações e a tranquilidade para o presidente do Departamento. O principal é o crescimento do Departamento na área científica e social.

  • Site do Departamento: O site do Departamento em 2018 alcançou mais de 1 milhão e meio de páginas lidas. Quais os planos para 2019?

Dra. Célia: A abrangência do site do Departamento nos dá a certeza de estarmos no caminho certo. Em 2019 a nova diretoria continuará divulgando e orientando em relação as doenças tireoidianas.

  • Site do Departamento: O que falaria para os novos membros da diretoria?  

Dra. Célia: Sei da competência, dedicação e força dos novos membros da diretoria e, portanto, tenho certeza que será uma gestão de sucesso. Meta e organização é o mais importante porque o tempo é curto para cumprir o que planejamos. Acredito que minha tarefa foi facilitada pela união e companheirismo da diretoria. Sou grata a todos e com certeza somos a Família da Tireoidiologia. Desejo Sucesso e Sabedoria. Estou pronta para toda colaboração.

Além da Dra. Célia, fizeram parte da diretoria biênio 2017/2018:

  • Vice-Presidente: Dr. José Augusto Sgarbi (SP)

  • Secretário: Dra. Janete Maria Cerutti (SP)

  • Diretores: Dra. Ana Luiza Silva Maia (RS); Dra. Patrícia de Fátima dos Santos Teixeira (RJ); Dra. Laura Stein Ward (SP); Dra. Gisah Amaral de Carvalho (PR); Dr. Mario Vaisman (RJ)

  • Suplente: Dr. Danilo Glauco Pereira Villagelin Neto (SP)

imprimaImprima     envieEnvie por Email       Compartilhe: Delicious Delicious  google Google

Tópicos Relacionados

Notícias Balanço Gestão 2017/2018 Diretoria

Eventos científicos

Webmeeting: Disfunções Tireoidianas na Gestação

No mês que marca a Semana Internacional da Tireoide o assunto tratado no próximo Webmeeting será baseado no tema da Campanha deste ano. No dia 28 de maio, às 21h, a Dra. Maria Izabel Chiamolera e o moderador Dr. João Maciel Martins falarão no programa sobre atualização em disfunções tireoidianas na gestação.

Leia Mais

Para Público

Ações Região Norte

Confira as atividades da Semana Internacional da Tireoide 2019 na região Norte.

Leia Mais

Para Público

Ações Região Sul

Confira as atividades da Semana Internacional da Tireoide 2019 na região Sul.

Leia Mais